Fuga pras Colinas

Como escolher plano de internet

Como escolher plano de internet

Pessoa física, jurídica e planos ilegais

E aí, bão?

Você tem dúvida sobre planos de internet? Sabe a diferença entre velocidade e franquia? Megas e gigas?

Depois desse artigo você nunca mais fará confusão sobre isso!

Nele, vou explicar tudo sobre planos de internet e celular!

Vou falar sobre as modalidades pessoa física, jurídica e até mesmo as modalidades ilegais. E falo também sobre planos de internet via fibra, rádio, satélite e celular.

Lembrando que para escolher um bom plano de internet e celular, você precisa entender todas as modalidades que existem, para assim não ser enganado.

Como escolher plano de internet

Diferença entre velocidade e franquia

Os dois pontos mais importantes quando for contratar um plano de internet são: a velocidade da navegação e a franquia disponível para consumo.

Vamos entender de uma vez por todas o que é velocidade e franquia?

Imagine que você está numa viagem de carro, indo de uma cidade para outra, a velocidade do carro é aquela pontual, quando você pisa no acelerador ela vai variando, se você fizer uma curva ela diminui, se for uma reta ela vai aumentando, podendo por exemplo, variar de 60 até 120 Km por hora.

A franquia é o combustível que está dentro do tanque do carro, é o quanto você consegue andar com aquele automóvel, independente da velocidade. Portanto, se você tiver mais velocidade, talvez a franquia (o combustível) acabe rápido, se você tiver mais devagar, talvez ela demore mais tempo para acabar.

Acontece a mesma coisa com a internet, você tem a velocidade pontual, que nos planos chamamos de velocidade máxima, que podem variar de 5 a 100, 300 megas ou até mais. Normalmente, a velocidade máxima pontual desses planos é de 100 megas, que é aquela velocidade que você consegue alcançar quando tem poucas pessoas usando a internet.

Já a franquia é o quanto que ao longo do mês você pode gastar daquela internet, como se fosse o combustível do teu carro. A velocidade vai te dar o tempo de viagem, a franquia vai te dar quantos quilômetros você pode rodar.

A franquia é medida em gigas, e os planos podem ser de 5, 10, 30, 50, 100, 200 gigas, enfim esses valores variam conforme a contratação.

Então, quando for contratar um plano de internet, é muito importante estar atento primeiro na velocidade e depois na franquia, lembrando que elas variam conforme a tecnologia de internet escolhida (via rádio, satélite, celular).

Internet de fibra

A internet de fibra, que é a internet via rádio, é a mais comum na área rural. Normalmente, os planos focam apenas na velocidade, e dizem que não tem limite de franquia, mas cuidado porque isso nem sempre é verdade. Então, confira no contrato se não tem nenhuma cláusula escondida sobre isso.

Fique atento também, para não contratar um plano com uma velocidade enorme, porém com pouca franquia, é importante que haja um equilíbrio entre elas.

Internet via satélite

A primeira coisa que você precisa saber sobre a internet via satélite, é que ela tem limite tanto de velocidade, quanto de franquia.

Portanto, antes de pensar em contratar, é importante fazer bem as contas, existem vários sites com calculadora de franquia, onde você calcula o quanto vai usar ao longo do mês.

Normalmente, a internet via satélite serve apenas para uso mais pontual, como para o WhatsApp e redes sociais, mas se você quer usar Netflix e YouTube, não contrate via satélite, a não ser que seja a única opção.

Internet via celular

Os planos de internet via celular, ao contrário da de fibra, focam apenas na franquia, pois a velocidade é ilimitada.

Caso o sinal na sua região seja bom (4G, por exemplo), e se sua antena for boa para puxar esse sinal, ele será capaz de alcançar de 20 até 100 megas de velocidade. Mas se o sinal for mais fraco (3G), e a sua antena não for muito boa, a velocidade vai chegar em 2 ou 3 megas.

Importante saber que os planos não limitam a velocidade, quem limita é a tecnologia da operadora na torre, e a qualidade do sinal que você consegue captar na sua propriedade.

Por este motivo, é bom prestar muita atenção na franquia, para saber o quanto você vai ter para navegar ao longo do mês.

O valor maior de franquia dos planos oficiais das operadoras é de 100 gigas, que pode ser meio limitado para quem usa Netflix e YouTube, se for o seu caso melhor procurar outras possibilidades.

Dica para contratar um bom plano de internet via rádio e via satélite

Nos planos de internet via satélite e via rádio (de fibra), o contrato é feito direto com a operadora, e pode ser feito numa loja local da sua região.

No momento da contratação, leia todas as cláusulas, e fique atento à velocidade, franquia, e se há algum contrato de fidelidade, que é uma multa que se paga, caso você cancele o plano antes de terminar o período da fidelidade, que normalmente são de 12 meses.

Pesquise também se a operadora escolhida é bem avaliada no Reclame Aqui, e pronto, essas informações já são suficientes para se fazer uma boa contratação.

Planos de internet via celular para pessoas físicas

Se tratando de internet via celular, existem uma infinidade de planos, e antes de falarmos deles, é bom enfatizar que esses planos não são para uso em roteador/modem com chip, e sim apenas para uso no celular.

Os principais planos de internet via celular para pessoas físicas são:

1) Planos Pré-pago: o famoso Prezão, aquele que você paga antes de usar, comprando créditos. Costuma ser o plano com um dos valores mais caros de franquia, pois ele te faz acreditar que você está pagando pouco, mas na verdade você recebe quase nada de internet.

2) Planos Controle: são bem parecidos com planos pós-pagos, porém com um valor fixo de mensalidade e franquia.

3) Planos pós-pago: aquele que você paga pelo que usou. Tem na modalidade individual, com apenas um chip, ou modalidade familiar, onde você pode contratar mais de um chip e dividir a internet com sua família, normalmente esses planos são mais caros, mas se a sua família for grande, pode valer a pena.

4) Planos Vivo Easy: é um plano sem mensalidade e ele não é pré-pago, você só compra quando precisa e o quanto você quer usar, e ele não tem validade, ou seja, se você comprar uma franquia de 20 gigas de internet, ela não tem prazo para ser usada, portanto vai durar até ser totalmente consumida.

5) Plano Vivo Bis: é um plano que permite acumular internet, ou seja, a franquia que você não usou no mês anterior, acumula para o mês seguinte. Essa modalidade está quase em desuso, mas se você encontrar quem ainda oferece, é uma opção que vale a pena.

Planos de internet via celular para pessoas físicas

Planos para pessoa jurídica, os chamados planos corporativos, existem várias modalidades, e as principais são:

1) Modalidade IoT (internet das coisas) ou M2M (Machine-to-Machine): são chips usados em máquinas, inclusive maquininha de cartão, esse chip tem outros planos que não tem nada a ver com os planos que você pode contratar, normalmente você contrata com outras empresas que estão associadas a essas operadoras, e são elas que controlam o sinal desses planos.

2) Planos corporativos controlados por uma operadora móvel virtual (MVNO): são empresas que, através da autorização da Anatel e de um contrato com as operadoras, podem oferecer um plano alternativo usando as redes e as torres das operadoras tradicionais.

3) Planos corporativos de locação de linha: onde uma empresa (pessoa jurídica), que é responsável pela redução de custos com comunicação, tem um contrato com as operadoras de compra no atacado, e elas revendem no varejo. Então, a empresa, que contratou das operadoras, consegue alocar no sistema um percentual de uso de franquia para cada usuário, e um percentual de grupo para toda a empresa, ou seja, ela que é a responsável pela gestão e suporte. E as vantagens dessa modalidade são condições muito melhores, valores do giga muito mais barato, e muitas vezes é o único caminho para se ter uma boa internet com um bom plano na roça.

Planos ilegais? Não caia nessa!

Primeiramente, quero deixar bem claro que eu não recomendo e não ensino nada sobre planos ilegais! Meu intuito aqui, é apenas alertar as pessoas para que elas não caiam nessa cilada.

Importante ressaltar também, que muita gente acha que os planos ilegais vão durar para sempre, que você paga só 1 vez quando contrata e depois não paga mais nada e tal, mas essas coisas não existem! Em algum momento, esse plano ilegal vai deixar de funcionar, e a pessoa que te vendeu vai desaparecer!

Existem diversas modalidade de planos ilegais, mas essas são as mais conhecidas:

1) Modalidade Bug: é um recurso que é ativado no chip ou através de algum aplicativo, que permite explorar um erro da operadora. Lembrando que esses bugs são sempre limitados, e em algum momento vão parar de funcionar.

2) Modalidade injector: vou te dar um exemplo de como funciona, digamos que a internet via celular é uma festa, e para entrar nessa festa você precisa do RG (chip) e convite (contrato de pessoa física ou jurídica), porém se você não tem esse convite, o segurança não te deixa entrar, daí você fala que vai comprar o convite, mas antes pede para ir no banheiro, ele autoriza, e assim você arruma um jeito de entrar na festa sem o convite. Ou seja, você enganou o segurança, e é isso que essa modalidade faz, ela burla o sistema e te mostra um outro caminho para ter acesso a internet, e um valor é cobrado por isso, porém mais uma vez eu repito, que em algum momento, essas modalidades serão descobertas e vão te deixar na mão, portanto fuja dos planos ilegais!

Neste artigo, tentei falar sobre todas as modalidades que conheço. Se você ficou com alguma dúvida, ou conhece algum plano que não falei aqui, deixe nos comentários!

Agora, se você não quer passar nervoso com planos de internet, hoje em dia você pode me contratar! Já ajudei mais de 10.000 famílias no país todo a ter boa internet em sítios, fazendas, casas de praia, ilhas e vou ajudar você também!

TAMO JUNTO!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.