Fuga pras Colinas

Como ganhar R$800,00 em 1 dia vendendo produtos da roça na cidade

Como ganhar R$800,00 em 1 dia vendendo produtos da roça na cidade

E aí, bão?

Que tal, além de ter uma vida nova na roça, ainda ter uma renda extra?

Nesse artigo, vou te dar o passo a passo de como eu fiz para ganhar mais de R$800,00 em um único dia vendendo produtos do campo lá na cidade.

A ideia é boa, mas vish maria… por onde eu começo?

O primeiro passo é você achar um produto para trabalhar na roça, tem muita opção boa, eu já vendi mandioquinha, batata doce, verduras, e o produto da vez é o palmito, já que muita gente costuma me pedir, então eu levei para vender na cidade.

Então fui numa loja de palmito que tem aqui perto, comprei alguns potes para experimentar, porque uma das coisas que mais ajudam a vender, é saber tudo sobre o que você está vendendo.

Aproveitei para perguntar sobre compras no atacado, e pedir o contato do fornecedor para fazer um orçamento. Descobri também que a loja vendia outros tipos de palmito, e eu achei bem interessante oferecer eles para vender, já que as pessoas adoram novidades.

Importante lembrar que antes de fazer qualquer contrato, você deve tirar lindas fotos do seu produto, oferecer na internet, e se houver pessoas querendo comprar, daí sim você vai fechar a compra com o fornecedor.

E como vou saber quanto devo cobrar pelo meu produto?

Essa parte é a mais difícil e também a mais importante.

A maioria acredita que o preço deve ser feito com base nos custos somados a uma margem de lucro, tem outras pessoas que acham que é só você ver o valor de um produto parecido no concorrente, e cobrar um pouco a menos.  Mas a verdade é que o melhor preço é aquele que as pessoas enxergam de valor no seu produto, e o quanto elas estão dispostas a pagar por ele. E é isso que você precisa entender para ganhar dinheiro com produtos da roça.

Para você descobrir isso, eu vou te ensinar o método das “4 mensagens no WhatsApp”, onde você vai mandar mensagem para 4 tipos de pessoas:

  1. Alguém que gosta muito de você;
  2. Alguém que não gosta muito de você;
  3. Algum amigo comerciante;
  4. Aquele conhecido que todo mundo sabe que é pão duro.

Mesmo que essas pessoas não comprem de você, elas precisam ter, mais ou menos, o perfil que você enxerga nas pessoas que vão querer o produto que você está oferecendo.

Você vai mandar uma mensagem, com uma foto apresentando o seu produto, e perguntando o quanto que elas pagariam por ele.

No meu caso, o pão duro respondeu R$14,00 e as outras três pessoas responderam R$18,00. Então esse deveria ser o meu preço de venda né? Não! Eu cobrei R$ 20,00, porque se as pessoas enxergam que o pote do palmito vale R$18,00, e se eu cobro um pouco a mais, eu transmito para elas a ideia que o meu palmito é de qualidade, e se eu cobrar menos, eu transmito que o meu palmito é de promoção e que ele não é tão bom assim. Você sabia que 9 entre 10 brasileiros, acreditam que quando o preço é mais alto, o produto é melhor?

Tirando fotos incríveis do seu produto

Primeiro de tudo, eu entrei no Google e digitei “almoço novela da Globo” e procurei por uma foto para me inspirar a montar a minha mesa. Depois, fiz um apanhado de coisas que tinha pela casa e fui montando a mesa, brincando, vendo o que acontece, por exemplo, esse suco aí da foto abaixo, que tá dando esse efeito diferenciado, foi feito com vitamina C efervescente, mas pra foto ninguém precisa saber né!

Como ganhar R$800,00 em 1 dia vendendo produtos da roça na cidade
Como ganhar R$800,00 em 1 dia vendendo produtos da roça na cidade

Essa foi uma das fotos que eu consegui fazer usando só o meu celular.

Além das fotos, eu fiz também alguns vídeos no Instagram para as pessoas verem o produto, como ele é apresentado, e o que elas vão receber se comprarem de mim. Muita gente mandou mensagem dizendo que ficou com vontade de comer, então eu sabia que a mensagem tinha funcionado.

Aprenda a fazer uma boa mensagem de vendas para sua rede social

Sua mensagem precisa ter três elementos: capturar atenção, transmitir valor e criar urgência.

Vou mostrar o exemplo que eu usei nas minhas redes sociais, para você ter como base:

Como ganhar R$800,00 em 1 dia vendendo produtos da roça na cidade

Eu comecei a minha mensagem com uma frase de impacto “vocês venceram”, pois eu sei que as pessoas gostam de vencer, e isso vai chamar a atenção para que elas leiam o restante do que eu tenho a dizer.

Depois eu mencionei que muita gente me pediu o palmito, porque quando você diz “muita gente” significa que o produto é bom, caso fosse ruim, ninguém ia te pedir. Além disso, eu elogio o meu palmito e transmito o seu valor, quando digo que ele é “produzido por famílias de agricultores locais em áreas de reserva da Mata Atlântica”, isso é a mais pura verdade, nunca minta sobre o seu produto, descubra quais são os seus principais aspectos positivos e fale muito bem deles, mas não crie ilusões nas pessoas, porque depois elas vão descobrir e nunca mais vão comprar de você.

E por último, eu coloquei um prazo, criando uma urgência para as pessoas comprarem de mim, porque se você não der essa urgência, as pessoas têm outras prioridades, vão deixar para depois e acabam esquecendo, e assim você nunca vende nada.

Embalando seu produto com carinho 

O próximo passo, é buscar o meu produto e embalar ele. Primeiro, eu fui comprar o palmito aqui na fábrica da região, e aproveitei para conhecê-la.

Depois fui atrás da embalagem, na hora de escolher, eu pensei em qual que eu daria para o meu filho no Natal, e para completar esse meu nível de cuidado, coloquei também uma mensagem escrita à mão agradecendo as pessoas, afinal o supermercado não faz essas coisas, então se você fizer, isso se torna um grande diferencial, pois você mostra para as pessoas que você teve o carinho e cuidado de escolher esse produto e levar para elas, e que então ele é muito bom.

Como ganhar R$800,00 em 1 dia vendendo produtos da roça na cidade

 

Como ganhar R$800,00 em 1 dia vendendo produtos da roça na cidade

#Partiu entregar palmito

Agora é chegado o momento de entregar meu produto, escolhi um domingo porque tem menos trânsito, saí 8 horas da manhã e terminei a última entrega às 3:30 da tarde.

Se você não tem carro, você pode fazer sociedade com quem tem, ou alugar um, e/ou inclusive você pode contratar um motorista autônomo, enfim hoje em dia opção é o que não falta.

Hora de falar dos resultados 

Foram 36 pedidos, em 13 pontos de entrega (teve gente que pediu pra família e amigos, então eu deixei num lugar só), que resultaram em R$1.780,00 de faturamento.

Mas desse valor, eu preciso descontar os seguintes gastos:

– Combustível: R$140,00 (só de carro foram 400 km dentro da cidade e 320 km de estrada)

– Pedágio: R$36,20

– Desgaste do carro: R$70,00 (esse é um valor que eu deixo em caixa para quando eu precisar fazer manutenção)

– Embalagem: R$70,50

– Palmito em lote da fábrica: R$490,00

– Palmito avulso: R$160,00

Então subtraindo todas essas despesas, o meu lucro foi de R$813,30.

Enfim, tá cheio de produto bom no campo que não chega na cidade, e um monte de gente na cidade querendo comprar produto bom e não acha, então se organizar direitinho, todo mundo se encontra.

É isso pessoal!

Tamo junto!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.